Leitura tudo de bom!

imagem

Livro pequenino no tamanho e na quantidade de páginas, mas de uma grandeza sem precedentes! “24 horas na vida de uma mulher”, de Stefan Zweig, é isso: leitura gostosa que se faz numa sentadinha no sofá no domingo a tarde.

Além de gostar da novela bem contada por Zweig, me encantei por sua própria história: nasceu em Viena em 1881 e na década de 1920 seus trabalhos literários o tornaram célebre no mundo inteiro. Com a ascensão do nazismo emigrou para a Inglaterra, depois Estados Unidos e, em 1941, mudou-se para o Brasil. Encantou-se e escreveu: Brasil, um país do futuro, (que quero muito ler!!). Desesperançado com o rumo da política europeia e com o futuro da cultura de língua alemã, em 1942 comete suicídio junto com sua mulher, na casa que morava em Petrópolis.Sua carta de despedida é linda, se é que é possível assim classificá-la….

Curiosidade: Freud tinha predileção por este título, que é um dos mais difundidos do autor. Uma delícia que vai para minha listinha com **(duas estrelinhas)!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s